ao futuro dono

Entre todos os itens que dizem respeito ao nosso amigo, o cão; a posse responsável é
Certamente o mais importante.
Antes de se pensar na aquisição de um cão, é necessário levar em conta os factores a favor e contra. Deve-se pensar nas necessidades físicas do animal e, antes de mais nada, ter consciência de que ele é um ser vivo, e não uma coisa, que deseja ser compreendido e precisa de afeto e respeito.
Assim, antes de se render à sua beleza, há que reunir algumas condições ideais.
O cão Serra da Estrela necessita de um espaço suficiente para se movimentar à vontade e o seu dono deve-lhe dedicar algum tempo.

A Escolha

Conhecedor das características da raça que deseja adquirir, e sendo estas compatíveis com o seu estilo de vida, é importante saber escolher um criador registado no Clube Português de Canicultura (nunca comprar um cão em lojas de animais ou à beira da estrada!).
Damos o conselho para visitar mais que um criador antes de se decidir, pedindo para conhecer os progenitores, e conhecer o meio e as condições em que vivem.

Sociabilização e Temperamento

A sociabilização é um dos factores essenciais para o comportamento do cão. Um cão pouco sociável torna-se medroso e agressivo à medida que cresce. Logo nos primeiros meses é muito importante que ele conviva com tudo e todos, inclusive com outros cães. Se o processo de sociabilização não for levado a sério, depois será difícil ou mesmo impossível corrigir aspectos do comportamento do cão, que fica com medo e eventualmente agressivo quando em confronto com outros cães. Tentar sociabilizar o cão já numa fase adulta é um pouco mais complicado, porque ele tentará entrar em confronto de dominância com outros cães, que encara como adversários e esses confrontos normalmente não são pacíficos.
Cada Raça tem o seu carácter específico desenvolvido ao longo da sua existência. O cão de pastor permanecia sempre com as ovelhas, enquanto o pastor se afastava para ir à aldeia. Assim o cão desenvolveu um carácter independente e se formou o seu carácter de excelente cão de guarda.
Este carácter um pouco independente faz com que esta raça se adapte muito bem aos tempos modernos, nos quais muitos cães devem esperar que os donos regressem do trabalho no fim do dia.
O Cão da Serra da Estrela consegue esperar pacientemente, guardando a casa e o jardim, até que o dono volte a casa no fim do dia.
Mas uma coisa é certa: o comportamento do cão fica a dever-se sobretudo à educação que recebeu do seu dono e ao convívio com o mesmo.
A beleza deste cão, a sua inteligência e a robustez, são características que lhe permitem ser mais do que um excelente guarda: ele é também um bom cão de família e muito tolerante com as crianças
Educação

Antes de falar em educação, devemos pensar em estabelecer boa relação com o novo amigo, numa base correta ou seja o estabelecimento da liderança do dono (apesar de serem amigos, o dono ocupa sempre uma posição hierárquica superior.)
Educar um cão não significa o uso da força, nem violência ou pressão, apenas energia e pulso firme no momento adequado, a fim de que o cão saiba exactamente quem é o dono, quem manda. É importante saber o momento adequado, pois não tendo o cão uma memória como a nossa de factos concretos, deve ser reprimido no momento em que agir de maneira inadequada.
Devemos acostumá-lo desde cedo a palavras e sinais exactos, que ele possa entender eatender. Calma a coerência são essenciais! Mas também são importantes: o amor, a
paciência e a persistência… A coerência de comportamento de toda a família com o cachorro é importante.
Os cães reconhecem as palavras “senta”, “aqui”, “não”, “para casa”, “para dentro” etc., não porque compreendem o seu significado mas porque conseguem fazer associações aos sons, quando utilizados frequentemente e sempre nas mesmas situações.


Alimentação

A alimentação dos nossos cães é importante, tendo como base no nosso dia-a-dia, pesquisas, trocas de experiência com outros criadores consideramos o seguinte:
A alimentação deve ser especialmente cuidada na fase de crescimento (até aos 18 meses, nos Serra da Estrela), pois uma má alimentação nesta fase compromete o resto da vida do seu cão.

Aconselhamos a escolha de uma ração tipo “Royal Canin” da qual somos criadores ou equivalente, pois só estas fornecem os nutrientes necessários para um bom desenvolvimento do cachorro.

Não aconselhamos suplementos vitamínicos sem indicação do seu Medico Veterinário.

Os nossos cães, não têm acesso a outra alimentação sem ser a ração.

Lembre-se que nem sempre o que é bom para a nossa alimentação serve para a dieta dos nossos companheiros. Os restos além de desaconselhados, não são suficientes, para um bom regime alimentar do cão.

Não mude de ração a todo o momento, adoptando um tipo de ração, esta deve manter-se. Se houver necessidade de mudar de ração, não se deve passar de uma para a outra momentaneamente mas sim misturando gradualmente uma com outra.

È impossível dizer quantas vezes por dia comem cachorros até ao seu desmame ou até mesmo até a data da saída para outro dono, dado que até ai estarão a comer em grupo. 3 vezes a partir dos três meses, mas se forem 2 também não fará com certeza grande diferença a um bom desenvolvimento e 1 ou 2 vezes em adulto consoante o tamanho e o esforço físico despendido.

Os nossos cães adultos comem 1 vez por dia.

Importante é que o seu cão tenha sempre água limpa ao seu alcance.

Desenvolvimento Físico

Cachorros de raça pequena, média ou grande têm velocidades de crescimento diferentes, sendo a amplitude e a duração proporcional ao peso final do cão.

O cachorro Serra da Estrela vai crescendo até aos 18 a 24 meses, altura em que deixará de crescer mas ainda não será um adulto, pela nossa experiencia isso acontece por volta dos 3 anos de vida.

Saúde

Esta raça é muito robusta, no entanto temos que ter muito cuidado com a da displasia coxofemoral e do cotovelo. Esta é uma doença parcialmente hereditária, não congénita. O cão não nasce com displasia, mas fatores ambientais, como piso escorregadio, fatores alimentares, como a falta ou o excesso de exercício, unidos a um importante componente genético podem originar um desequilíbrio no desenvolvimento esquelético da anca. Os cães de grande porte têm um crescimento rápido e necessitam de uma alimentação equilibrada, mas deve evitar-se a obesidade, a todo o custo. Convém mesmo controlar o peso regularmente, se necessário no veterinário.
A torsão de estômago é um problema comum às raças grandes, devendo alimentar-se o cão com uma ração de boa qualidade e grande digestibilidade, respeitar as dosagens, aos primeiros sinais de tal problema tais como :
Náuseas, vómitos, hiper-salivação
Dilatação da parte anterior do abdómen (aspeto de tambor)
Dificuldades respiratórias
Estado de choque, evoluindo para o coma
Deverá recorrer de imediato ao seu Veterinário.

Como cão rústico necessita apenas de umas escovadelas para manter o pelo bonito (de quando em vez) o que também favorece uma boa relação.

No inicio do Verão, começa a muda do pelo, altura em que perdem parte do pelo, chamado de pelo morto ou velho é necessário retirar o mesmo que se encontra solto com a ajuda de um pente metálico ou até mesmo com as nossas próprias mãos.

É um animal muito resistente à chuva e ao vento. Aprecia muito viver ao ar livre e correr pelo campo. Nos dias quentes é necessário que hajam algumas sombras para que se possa proteger e descansar mantendo, no entanto convém uma vigilância sempre que necessário.


A Entrega

Os cachorros devem ser entregues a partir da oitava ou nona semana (nunca antes), desparasitados, vacinados (mínimo 2 vacinas), sem microchip (que aconselhamos a sua colocação entre os 3 meses e 4 meses). Damos liberdade de escolha do nome do cachorro, pelo que no ato de entrega não será entregue o Registo Provisório do LOP (Livro de Origens Português), o mesmo será enviado com a maior brevidade possível entre os 3 e 4 meses.


Escolher um Serra da Estrela, é escolher um amigo para a vida!

TOP

 

Tlm1:
Tlm2
:

Facebook  YouTube  GooglePlus
SITE REALIZADO POR » sitesfixes.com

96 5218236
96 9908980